PORTAGENS : 4 anos de hipocrisia de PS, BE e PCP

PORTAGENS : 4 anos de hipocrisia de PS, BE e PCP

11/02/2019

A Assembleia da República foi palco, na passada sexta-feira, de mais uma grosseira encenação dos partidos que apoiam o Governo. As portagens nas ex-scut estão previstas nos 4 orçamentos que aprovaram, todavia, ainda assim, apresentaram projectos de resolução - sem carácter vinculativo - nas quais recomendam ao Governo a extinção das mesmas. Fazem-no para todas ex-scuts, inclusive para a Via do Infante, mas BE e PCP não foram capazes de fazer essa exigência no orçamento que aprovaram quando se gabam de ter obrigado o PS a acatar dezenas de reivindicações sob pena da não viabilizarem o orçamento.


Pior, o PS vota de forma desonesta e enganadora, nos seguintes termos: os deputados eleitos pelo Algarve votam a favor da abolição das portagens na A22, mas contra a abolição no resto do país, os deputados dos círculos eleitorais onde se localizam a A23, A25, A28, etc., fazem o mesmo para as suas regiões numa perversão, num esquema de carrossel em que garantem que chumbam todas as propostas mas que lhes permite que se apresentem como heróis de pés de barro nos seus círculos eleitorais, enganando assim os seus eleitores, mas demonstrando que não se fazem ouvir no seu partido.


O PSD para esta legislatura tinha o compromisso de baixar as portagens, até porque o Estado gasta hoje mais 7000 milhões de euros do que em 2015 e poderia ter assumido custos a favor da mobilidade.


Mas convém recordar aos algarvios, as promessas que em 2015, fizeram. O PS  redução de 50 por cento, o PCP e BE a abolição, estão assim indubitavelmente em dívida profunda para com os algarvios e estas desajeitas operações de branqueamento não enganam ninguém.


Estas propostas foram chumbadas pelo PS e não pelo PSD.


Cumpram o que prometeram.

Agenda

Canal de Vídeo

Newsletter