“Garantia Jovem” tem sido fundamental na promoção da Empregabilidade Juvenil do Algarve

Garantia Jovem

16/04/2015

Deputados da JSD e eleitos pelos Algarve questionam tutela sobre resultados concretos do programa

Os deputados da JSD (Simão Ribeiro, Joana Barata Lopes, Hugo Soares, Duarte Marques, Pedro Pimpão, Bruno Coimbra, André Pardal e Ricardo Santos) e do PSD eleitos pelo círculo eleitoral do Algarve, Pedro Roque, Elsa Cordeiro, Cristóvão Norte e Bruno Inácio consideram que o programa “Garantia Jovem” tem sido fundamental na promoção do emprego dos mais jovens na região. 

A redução constante e consolidada da taxa de desemprego e a subida do número de empregos criados junto dos mais jovens são sinais extremamente positivos para a recuperação económica que a região está a sentir. 

Se por um lado o Algarve foi das regiões que mais rapidamente e mais intensamente senti-o o efeito da crise, é igualmente verdade que a região tem sido das que tem tido melhor performance de recuperação de emprego. 

Estes são sinais positivos e de esperança para o nosso país, mas que também refletem os esforço feito pelos portugueses nos últimos anos e as opções estratégicas deste governo. E no que concerne à área da juventude, a opção estratégica desde a primeira hora tem sido o combate ao desemprego jovem!

Daí que seja mais do que justo reconhecer que foi durante esta legislatura que, pela primeira vez, nestes 40 anos de democracia, e no mais difícil processo de ajustamento orçamental da nossa história, foi delineado e implementado um plano estratégico integrado de combate ao desemprego jovem: o Impulso Jovem.
Este foi um programa inovador, considerado mesmo num exemplo de boas práticas na EU que permitiu abrir as portas do mercado de trabalho a dezenas de milhares de jovens e que tiveram assim uma oportunidade de evidenciar em contexto de trabalho as competências adquiridas no seu processo formativo.

E, no que concerne aos milhares de jovens que concorreram à medida estágios-emprego, sabemos agora que 70% dos jovens que frequentam os estágios, ao fim de 6 meses do seu término, entram no mercado de trabalho.

Mas o desemprego jovem, ainda continua, infelizmente, a atingir valores que merecem a nossa preocupação, daí que, seja importante destacar a aplicação do programa Garantia Jovem.

O governo entendeu que a Garantia Jovem não se devia confinar à faixa etária dos 15 aos 24 anos, como na Europa, mas abranger também os jovens portugueses até aos 30 anos.

Esta iniciativa surge com objetivo de proporcionar aos jovens, uma oportunidade de educação e formação, estágio ou emprego, no prazo de 4 meses após ficarem desempregados ou terem saído do sistema educativo e formativo, procura agregar um conjunto de políticas ativas de emprego.

Assim, os deputados do PSD Algarve, em conjunto com os deputados eleitos pela JSD, associaram-se no sentido de questionar a tutela sobre quais as principais medidas ao dispor dos jovens, das instituições e das empresas para promoverem a empregabilidade juvenil no Algarve, qual tem sido a evolução da empregabilidade juvenil na região ao longo dos últimos anos e qual a avaliação que os diferentes agentes envolvidos no programa Garantia Jovem, fazem sobre a aplicação do mesmo na região.


Assembleia da República em 16/04/2014

Agenda

Canal de Vídeo

Newsletter