Os cortes para os lanches dos alunos da EB 1 do Largo da Feira

08/01/2015

 

O PSD Olhão tomou esta semana conhecimento que a escola EB 1 do Largo da Feira, pertencente ao Agrupamento de Escolas Dr. Alberto Iria, deixou de fornecer o lanche completo aos seus alunos, por razão do corte da dotação orçamental transferida pela Direção Geral de Estabelecimentos Escolares (DGEST). Até aqui a DGEST transferia uma verba que contemplava leite e fruta, sandes ou bolachas. Para o ano 2015, a verba contempla apenas o leite.
Considerando que a escola EB 1 do Largo da Feira tem muitos alunos em situação de exclusão social, cujas famílias encaram graves problemas económicos, alguns destes alunos não conseguindo mesmo ter acesso a mais refeições que aquelas disponibilizadas pela escola, o PSD Olhão apela ao executivo municipal que procure uma alternativa para estas crianças.
Em última instância e caso tudo o resto falhe, o PSD Olhão recomenda mesmo à Câmara Municipal que assuma o pagamento da verba em falta para fornecer o lanche completo aos alunos. O facto de ser uma escola com mais de 400 alunos pode criar uma situação social complexa para o nosso concelho, sendo que 70% destes são beneficiários da Ação Social Escolar.
O PSD Olhão compromete-se a acompanhar este assunto em sede de Assembleia Municipal, de modo a garantir que todos os possíveis estão a ser realizados no sentido de minorar as consequências deste corte e salvaguardar o bem-estar social dos alunos da escola do Largo da Feira.

 

Agenda

Canal de Vídeo

Newsletter